segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Videogames podem melhorar funções cerebrais de idosos

Vinte voluntários de idade avançada(em média 69 anos) participaram do estudo.
O grupo apresentou melhora na memória visual recente e no raciocínio.
Pesquisadores da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, testaram o efeito de horas à frente da televisão “brincando com um videogame" na capacidade de idosos no dia-a-dia.

Jogar um game de estratégia em sessões de pelo menos hora e meia resultou em melhora em uma série de habilidades de um grupo de idosos.


Os 20 vovôs e vovós jogaram por 5 semanas em sessões de pelo menos hora e meia. O jogo testado (que não foi citado, mas aparenta ser algum desses medalhões do mercado como Sim City e Civilization) tem como objetivo criar cidades, desenvolver infra-estrutura e até mesmo conquistar outros países.


Os participantes tinham em média 69 anos de idade e foram comparados nos testes a outros 20 adultos que não usaram o game.


Apos o período de estudo o grupo do videogame, além de melhorar seus placares no jogo, apresentou melhora na memória visual recente, raciocínio e na capacidade adaptação à mudanças de tarefas. (O que mostrou também que foram aprimoradas as habilidades do dia-a-dia)


Os cientistas observaram que além dos benefícios anteriores a capacidade de orientação visual-espacial dos idosos também melhorou no grupo dos jogadores cibernéticos.


Os efeitos positivos foram observados a partir de 11 horas de “treinamento” cerebral. O mercado de videogames já havia notado que os aparelhos poderiam servir para esse tipo de treinamento cerebral porém os jogos específicos para esse fim na maioria das vezes são muito simples e desinteressantes.



Novos testes poderão mostrar se os videogames podem servir para estimular ou manter habilidades como dirigir um carro ou conseguir se concentrar em ambientes barulhentos para aqueles que já atingiram a “melhor idade”. ( E que normalmente parecem "fugir" das novidades e ignorar as mudanças do mundo, com todo respeito obviamente, isso pode se tratar de acharem que tudo está movimentado demais ou simplesmente diferente "daqueles tempos"...)



O trabalho, que está publicado na revista "Psychology and Aging", abre um novo campo de pesquisas que pode não só ajudar os idosos nas tarefas diárias bem como aproximar gerações.

Fonte:http://www.gamevicio.com.br/portal/news/17/17561/index.html

2 comentários:

Willditch disse...

videogames nunca tiveram idade o importante é fazer o que gosta,

acabou a época que falavam que videogames é coisa de criança,

E jamais voltará!!

<<...Gaia...>> disse...

Mudou o visual, né?! Tá bonito!!


Sempre soube que vídeo game era ótimo!!!!!

E muito obrigada!! MESMO!!! Pela ajuda! Inclusive o site é muito bom!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...